image1

O Observatório da Violência de Gênero no Amazonas é um Programa de Extensão Universitária vinculado à Pró-Reitoria de Extensão e Interiorização da Universidade Federal do Amazonas.

Criado em 2012 como Observatório da Violência contra Mulheres no Alto Solimões/AM, o programa tem como objetivo analisar e diagnosticar percepções locais das violências contra mulheres no Amazonas por meio de registros policiais das agências de segurança pública, além de promover ações preventivas.

Através do programa são desenvolvidas ações de ensino, pesquisa e extensão na área dos Estudos de Gênero e Violência em interface com outros campos de conhecimento como Direito, Políticas Públicas,  Serviço Social, Saúde Pública,  Estatística e Arquivologia. O Observatório atua em quatro unidades acadêmicas:

  • Instituto de Natureza e Cultura/ Curso de Antropologia/Benjamin Constant
  • Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia/Curso de Serviço Social/Parintins
  • Instituto de Ciências Exatas/Departamento de Estatística/Manaus
  • Instituto de Ciências Humanas e Letras/Departamento de Ciências Sociais/Manaus

Situado no campo teórico-metodológico dos Estudos de Gênero e Violência, o Observatório investiga, principalmente, a violência contra mulheres em suas dinâmicas locais e as ações públicas para seu ENFRENTAMENTO.  Nos primeiros anos, atuou na região amazônica do ALTO SOLIMÕES (Amaturá, Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Fonte Boa, Jutaí, Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença, Tabatinga e Tonantins), mas em 2013 estendeu suas ações para o BAIXO AMAZONAS (Barreirinha, Boa Vista do Ramos, Parintins, Maués e Nhamundá), . Em 2015 realizou ações no ALTO RIO NEGRO, na cidade de São Gabriel da Cachoeira e, em 2016, iniciou o trabalho de coleta de dados na REGIÃO METROPOLITANA DE MANAUS, na cidade de Manacapuru, e promoveu uma série de palestras e conferências na cidade de Manaus.